This is MACUA DE MOÇAMBIQUE's Typepad Profile.
Join Typepad and start following MACUA DE MOÇAMBIQUE's activity
Join Now!
Already a member? Sign In
MACUA DE MOÇAMBIQUE
Recent Activity
Moçambique é dos países da África sub-sahariana que poderão enfrentar, em 2018, uma nova crise de dívida, cerca de 20 anos depois de a mesma ter sido considerada como resolvida. Um relatório do Fórum Económico Mundial revelado há semanas diz que Moçambique é o país na região mais afectado, com uma dívida acima de 290 por cento em relação ao seu Produto Interno Bruto (PIB). Ouça aqui VOA-Dívida externa tem Moçambique num beco sem saída O crescimento da dívida deve-se a taxas de juros baixos em países ocidentais, o que torna bastante atraentes as aplicações em nações africanas, muitos dos... Continue reading
Posted 5 hours ago at Moçambique para todos
Editorial NAMPULA PROMETE VOTAR NO CANDIDATO VAHANLE Na sequência das eleições intercalares para a escolha do presidente do Conselho Municipal da cidade de Nampula, a RENAMO apresentou um candidato à altura dos anseios daquela autarquia. Trata-se de Paulo Vahanle. O Programa de Governação proposto pela RENAMO e seu candidato à Presidente, Paulo Vahanle, resulta da visão que este partido tem, à luz dos objectivos preconizados nas agendas de Desenvolvimento de Moçambique 2025, de África 2063 e das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável 2030. É ciente destes objectivos que o candidato da RENAMO se propõe caso seja eleito a realizar... Continue reading
Posted 6 hours ago at Moçambique para todos
Artigo 93 da Lei n. ̊ 4/2013 e artigo 85 da lei n. ̊ 8/2013 (Proibição da presença de força armada) Nos locais onde se reúnem as assembleias de voto, e num raio de trezentos metros, é proibida a presença de força armada, com excepção do disposto nos números seguintes. Quando for necessário pôr termo a tumultos ou obstar a agressões ou violência, quer no local da assembleia de voto, quer na sua proximidade, ou ainda em caso de desobediência às suas ordens, o presidente da mesa da assembleia de voto pode, ouvida esta, requisitar a presença de força de... Continue reading
Posted 6 hours ago at Moçambique para todos
Uma campanha tranquila para uma eleição renhida A campanha eleitoral para a eleição intercalar da próxima quarta-feira, em Nampula, foi uma surpresa agradável pela ausência de actos de violência entre os apoiantes dos 5 concorrentes. Houve alguns casos de violação da lei, com o uso de meios de Estado e colagem de material de campanha em locais proibidos, mas apenas nos primeiros dias. Com o fim da campanha, Nampula prepara-se para uma eleição muito renhida e que é levada muito a sério pelos três principais partidos, a Frelimo, Renamo e MDM, pelos órgãos de administração eleitoral e pela sociedade civil.... Continue reading
Posted 8 hours ago at Moçambique para todos
Image
Um total de 3.673 comboios de mercadorias viajaram desde a China à Europa, durante 2017, mais do que no conjunto dos seis anos anteriores, informou hoje a Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento (CNRD) chinesa. O número representa uma subida homóloga de 116%, no volume de comboios que completaram o trajecto entre China e Europa, detalhou o órgão encarregue da planificação económica do país asiático. Yan Pengcheng, porta-voz da CNRD, disse ainda que houve um aumento no valor das mercadorias transportadas e no número de comboios que regressou da Europa. "Estas rotas não só promovem o comércio entre os países... Continue reading
Posted 12 hours ago at Moçambique para todos
Na província de Gaza Cidadãos enfurecidos, no posto administrativo de Zongoene, distrito de Limpopo, na província de Gaza, assaltaram o a sede da Administração daquele posto e incendiaram a sede local da Polícia da República de Moçambique, a residência do chefe do posto e Administração. Os residentes acusam as autoridades locais de serem coniventes com os suspeitos de serem sequestradores. Ainda na sequência da fúria popular, dois suspeitos de serem sequestradores, de um grupo de sete elementos, foram linchados, e uma viatura foi incendiada. Cinco elementos puseram-se em fuga, mas os moradores continuavam no local até à tarde de domingo,... Continue reading
Posted 13 hours ago at Moçambique para todos
A moeda moçambicana perdeu mais de um metical e meio face ao euro na última semana, fruto da valorização do euro face ao dólar americano, segundo as taxas de câmbio médias diárias de referência do banco central, seguidas pela Lusa. Em termos médios, na semana passada, o euro foi comprado no país a 71,48 meticais, mais 1,59 meticais que a média da semana anterior. Por sua vez, a venda foi feita a 72,90 meticais por cada euro, uma transação 1,62 meticais mais cara, de acordo com as médias semanais apuradas pela Lusa a partir de dados do Banco de Moçambique.... Continue reading
Posted 14 hours ago at Moçambique para todos
Director da “Fitch” sobre a dívida oculta e os incumprimentos Tony Stringer alerta que o país tem de resolver a dívida para ser atraente para os investidores. Moçambique continua a falhar o pagamento das prestações do serviço da dívida oculta. Tony Stringer, director do departamento de “ratings” da agência de notação financeira “Fitch”, alertou, no domingo, que Moçambique tem de resolver o caso da dívida escondida para voltar a ser um destino atraente para os investidores. Segundo Tony Stringer, Moçambique “é uma história lamentável” e está na classificação de “RD” (Restricted Default) [Incumprimento Financeiro Selectivo] “desde 2016, quando foram descobertas... Continue reading
Posted 15 hours ago at Moçambique para todos
Por Capitão Manuel Bernardo Gondola Os candidatos a professores serão escolhidos entre os melhores. Quer dizer, serão escolhidos de entre jovens que tenham demonstrado dedicação aos interesses do nosso povo e elevadas qualidades técnicas- cientificas. Com estas medidas visam uma correcta composição da classe do corpo docente e a entrada daqueles que na prática diária demonstraram dedicação à causa do nosso povo. Isto requer um amplo e permanente trabalho de mobilização no sentido de fazer assumir o carácter honroso da missão do professor. Actualmente, você vê, nem sempre se encaminham os melhores alunos/jovens para os Cursos de formação de professores... Continue reading
Posted yesterday at Moçambique para todos
Image
O economista João Mosca diz que apesar dos preços de bens e serviços terem baixado, continuam acima do poder de compra da população. Mosca alerta que a crise poderá agravar-se ainda mais este ano, sobretudo, para as famílias de baixa renda. “Apesar de ter baixado, a inflação continua acima daquilo que é a subida do poder de compra, das pessoas, sobretudo dos mais pobres. Portanto, o nível de vida desses grupos sociais mais pobres vai agravar-se este ano, o que significa que a pobreza pode aumentar, muito mais naqueles consumidores de rendimento baixo, que consomem bens importados e também alguns... Continue reading
Posted yesterday at Moçambique para todos
Image
O presidente da Renamo, Afonso Dhlakama apelou aos munícipes da cidade de Nampula a votarem no candidato Paulo Vahanle no próximo 24. Afonso Dhlakama exortou ao eleitorado a acreditar nas políticas de governação da Renamo e assegurou que vai assessorar Paulo Vahanle durante o seu mandato. “Os Nampulenses não podem se atrapalhar, votem no vosso filho, no candidato da Renamo, o senhor Vahanle. Acreditem nele e acreditem nas políticas da Renamo” Afonso Dhlakama referiu-se ao manifesto do seu candidato como prático e disse que o conselho Municipal de Nampula deve ter um presidente humilde, que vai entender os problemas dos... Continue reading
Posted yesterday at Moçambique para todos
Image
Os distritos produtores de feijão bóer nas províncias moçambicanas de Nampula, norte do país, e Zambézia, centro, enfrentam uma crise económica devido à superprodução desta cultura na Índia, refere um estudo da ONG britânica International Growth Centre (IGC). O estudo, intitulado "Todas as fichas num único feijão: lições da crise de feijão bóer de 2017", refere que o excesso de produção na Índia, único mercado internacional deste alimento, provocou uma queda de mais de 50% no preço e erosão do poder de compra dos produtores, desencadeando uma crise económica nos respectivos distritos. "Mais de 1,2 milhões de produtores da zona... Continue reading
Posted yesterday at Moçambique para todos
O cerco fechado? A célula da Frelimo no STAE depois de várias denúncias, corrigiu os factos gritantes e voltou com uma outra artimanha que não escapou à rede dos peritos do galo. Para um cheirinho trago um dos casos: Assembleia de voto Escola de Malimusse caderno 03001208 com 34 eleitores foi retirado e substituído por outro caderno fantasma número 03048402 com 246 eleitores. No caderno abatido 03001208 o eleitor 1-Álvaro V S Ahate foi lançado no caderno fantasma 03048402 no número 13, o número 2 do caderno 03001208 passou para número 27 no caderno fantasma 03048402. Isto quer dizer, que... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
O senhor Tomás Vieira Mário, ora presidente do Conselho Superior da Comunicação Social, há dias, na sua página do Facebook, fez, no meio de tantos tiros no escuro, um ataque frontal contra a minha pessoa, em virtude de um jornal da praça ter publicado um artigo meu. Trata-se de um artigo sobre branqueamento de capitais que antes foi publicado nesta mesma página. Vi que o bom do Tomás Vieira Mário não possui capacidade nem serenidade para debater, com isenção, o sumo do artigo. Talvez seja por esse facto que preferiu atacar a pessoa não o conteúdo do que escrevi. Nestes... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Image
Um grupo de acidados Moçambicanos estão a ensaiar um mecanismo de implementar um modelo de Democracia. Em Nampula a CESC reúne os candidatos para partilharem seus manifestos e tomarem um copo de agua juntos. Foi uma boa oportunidade perdida pelo candidato da RENAMO. Foi bonito ver os 4 Candidatos juntos a conversar como irmãos e a trocar copos na mesma mesa. Candidato da RENAMO falha esta iniciativa de um modelo de Democracia almejado em Moçambique. Galhardo Cagaia Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Image
Dhlakama reitera acordo sobre descentralização para Março mas avisa que não é belicista O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, reiterou nesta sexta-feira, 19, que o acordo de descentralização está pronto para ser aprovado em Março, mas avisou para que não o chamem de belicista porque esta lentidão nas negociações foi premeditada pelo Governo. “Já há um dossier de aproximação, tenho estado a negociar com o Presidente (Filipe) Nyusi e o acordo sai em Março próximo”, disse em exclusivo à VOA, Afonso Dhlakama, líder da maior força politica da oposição em Moçambique, sustentando que novas aproximações foram alcançadas durante este mês.... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Resumo O artigo tem por objetivo apresentar os principais fatores desencadeadores e as formas de mobilização dos agentes envolvidos na “coligação de resistência” organizada, no final do século XIX, por chefes de Angoche, Sangage, Sancul, Quitangonha e dos grupos macua-imbamela e namarrais, às interferências da política colonialista portuguesa no norte de Moçambique, dando destaque para as dimensões das relações entre os diversos agentes históricos na região. Leia aqui Download A DINÂMICA NAS RELAÇÕES NO NORTE DE MOÇAMBIQUE Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Ao longo da trajectória colonial, a abordagem do Islão moçambicano pelas autoridades portuguesas passou de uma islamofobia renitente, por vezes com gestos esporádicos de aproximação, para um programa de sedução das lideranças islâmicas, desenvolvido entre 1968 e 1974. Partindo deste quadro evolutivo, o presente artigo procura traçar a transformação das políticas dedicadas ao ensino islâmico em Moçambique. Se o tempo islamofóbico viu nesse ensino um factor de “desnacionalização” da população colonizada, o período seguinte encarou-o como obstáculo à ideia de um “Islão português”, obstáculo que alguns pensaram contornar subordinando as escolas corânicas ao sistema oficial de ensino. O artigo analisa... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
"Essas equipas [de observadores] serão colocadas nas principais cidades da República Democrática do Congo [RDCongo]. Em Kinshasa, serão compostas por representantes da Missão, da polícia das Nações Unidas e do escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos", indicou a missão da ONU (Monusco), em comunicado. A Monusco ressalvou "o direito de manifestação pacífica", inscrito "na Constituição e protegida por acordos internacionais". Em 31 de Dezembro do ano passado, seis pessoas morreram na dispersão de uma marcha que tinha sido interdita, de acordo com as Nações Unidas e a Nunciatura Apostólica, enquanto as autoridades da RDCongo não registaram qualquer óbito.... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
O Presidente do município de Manica, centro de Moçambique, Raimundo Quembo, é acusado de cobrar altas somas de dinheiro para atribuir "DUATs" (Direitos de Uso e Aproveitamento de Terra).O edil nega as acusações. Os valores cobrados vão para além daquilo que é normal, rondando os 500 mil meticais - o equivalente a quase 7.000 euros, dizem os denunciantes. Normalmente, para adquirir um DUAT é basta fazer um requerimento à edilidade e pagar algumas taxas municipais, que geralmente não ultrapassam os 3.000 meticais - pouco mais de 40 euros. Mas, Paulino Noé, um dos munícipes e empresário de Manica diz que... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos