This is Paka Nkali's Typepad Profile.
Join Typepad and start following Paka Nkali's activity
Join Now!
Already a member? Sign In
Paka Nkali
Recent Activity
Certamente, sr. Frank, estes vídeos foram feitos para efeitos propagandísticos. Eles tambem demostram um certo desespero do tirano Paul Kagame pela situacao. O video em inglês diz claramente que esta guerra nao terminara militarmente com uma vitoria para o lado do regime de Maputo. Falando em Swahili aos seus soldados tutsis compridos e aos seus colegas maputenses com o gorducho and barrigudo Nyusi ao seu lado e a casta militar do macondinho -- o ditador reconheceu tres coisas: 1. Que a sua tropa sofreu baixas e que tais baixas sao dolorosas, e que mesmo se fosse uma única baixa, isso lhe iria na mesma causar dores. 2. Que os rebeldes se dispersaram nas zonas onde a sua soldadesca terrorista se encontra. 3. Que as operações custam muito caro e muito caro mesmo.
Porque nao se fala da actucao da tropa tsotsi do tal Ceryl Ramaphosa? E dos bandidos tanzanianos, dos bosquemanos de Botswana e primitivos do Zimbabwe e dos basoto de Lesotho e dos bandos armados angolanos.
Um outro comunicado vazio sem substancia, indicando somente que rebeldes nao sao apanhados de surprisa e que andam bem informados sobre a movimentacao do inimigo ruando-frelimo. Apesar da toda a farronice, os terroristas ruandeses nao sao uma forca movel, sao vagarosos. Este comunicdo nao diz quanto terroristas ruandeses e da Frelimo e rebeldes morreram. Quantos rebeldes foram capturados e a quantidade do material belico rebelde tomado pela forca conjunta terrorista ruando-Frelimo.
Informacoes loucas e fantasistas e sem substancia nem anuncio de baixas do lado terrorista ruando-Frelimo nem do lado dos rebeldes. Os rebeldes sao moveis.
Tudo bem dito, senhor Frank. Eu concordo plenamente consigo sobre o perigo que o comportamento imperialista das potencias ocidentais representam para o mundo. Nao e a Rússia nem a China que empreendem guerras de agressão contra povos do terceiro mundo, mas sim o Ocidente, particularmente os EUA e os seus grandes miudos deformados -- a Franca e o Reino Unido -- e a OTAN. A sua propaganda vinda dos tempos da guerra fria contra o tal monstro do comunismo virou para um novo boato de nome ISLAMISMO. Islamismo aqui, islamismo acola, islamismo no norte de Mocambique para apoiar o regime hediondo e terrorista da Frelimo e tantos outros islamismos da sua louca invenção. Quando eles invadiram o Afeganistão alguns 20 anos atras, os russos estiveram estupefactos com incompreensão sobre a ousadia desses agressores ocidentais que iam para um lugar onde os soviéticos tinham sido derrotados. Envolveram-se em crimes de guerra, principalmente na era do tal Obama quando os americanos sentados no Pentágono, dirigiam os drones que atacavam residentes em aldeias do Paquistão e Afeganistão congregados para rezas ou casamentos e enterros ou mesmo para festejos religiosos ou sociais. Tais crimes fizeram com que o nome de Obama nas zonas fronteiriças entre o Paquistão e Afeganistão fosse igual ao do tal hediondo Iblisi, que o chefe dos demónios do Islâmico ou como fosse um outro tanto Lucifer. Foram tais ações que fizeram com que os afegãos se virassem para apoiar os Talibãs. A propaganda de agressão do Ocidente ja nao convence a ninguém com capacidade de cogitar e analisar os factos. Como e que os talibas teriam sobrevivido a agressão do Ocidente com o seu poderio demonico, se nao tivessem o apoio do povo afegão. Os factos no terreno negam a propaganda das potencias ocidentais sobre o Afeganistão, o Sahel e a situacao no norte de Mocambique e noutras partes do mundo.
Os frelimos sofreram uma grande baixa nesta operação contra o regime tirano da Frelimo em Niassa. Nao querem admitir a verdade. Aqueles macambúzios de Kigali serao enviados para Niassa e onde irão os tsotsis da Africa do Sul e os makhomoredi do Zimbabwe? Podres dos tswana-bosquimanos do Kalahari falando uma lingua cheia de cliques. Aqueles jaguncos que o tirano Paul Kagame enviou começarão a compreender brevemente que o seu ditador lhes enviou para uma missão muito difícil e mortífera.
Os novos talibas sao diferentes dos antigos talibas. Esses novos ja se encontraram com Hamid Karzai, um antigo presidente do regime derrubado, e nao o prenderam ou nao o mataram. Mas o Ocidente quer apresenta-los como os mesmos da primeira ronda, o que nao ajuda para que sejam mais flexíveis. Os americanos e os seus aliados da OTAN, humilhados e derrotados, nao estao em posição de enfrentar os talibas agora na posse de muito material bélico americano e dos aliados. Quase que todo o material bélico que eles deram ao regime derrubado esta agora nas maos dos talibas.
Os caes ladram e a caravana passa. Esses donos de guerra do Ocidente perderam a Guerra. Estao humilhados e derrotados. Entrar em Kabul na hora actual resultara num massacres dos homens armados americanos. E o Ocidente que provoca guerras ou vai para outras partes do mundo fazer guerras contra povos inocentes. Nao devemos mais andar aceitar a propganda deles. Sao eles que apoiam o regime totalitario da Frelimo para continuar a impor a sua tirana sobre o povo mocambicano.
Somente imbecis como os frelimistas pensam que treino por americanos siginifica alguma coisa e para ganhar qualquer guerra. Basta ver todas as tropas que treinaram e que foram batidas: o exercito do Vietname do sul, Camboge, Laos, Nicaragua, El Salvador, Afeganistao, Somalia, Etiopia, Filipinas, Indonesia. Tudo raio da mesma brincadeira
O numero das baixas dos agressores estrangeiros entre eles os Talibas do Paul Kagame, tsotsis da Africa do Sul, do Zimbabwe e do Botswana deve ser muito maiscelevado do que se anuncia aqui. Estes bandidos forasteiros que apoiam os terroristas da Frelimo agora recebem porradas dos gloriosos combatentes de Cabo Delgado. Avante gloriosos combatentes.
Toggle Commented Aug 19, 2021 on ACTUALIDADES DE CD at Moçambique para todos
A Rusia diz que vai cooperar com as novas autoridades de Kabul, de acordo com um rtigo no Le Monde do dia 15.08.2021. O Ocidente e um mundo perdido con muitas tolices. Em vez de mostrarse aberto ao novo regime dos Barbudos do Allah e lhe apelaar para sem bom para os afegaos, O Ocidente demonstra essas imbecilidades que hostilizam os Talibas e pode os impurrar para serem como foram no passado. Eu tambem a me rir deste Ocidente perdido. Nao nos esquecamos que e esse mesmo Ocidente que mantem a tirania da Frelimo no poder e agora apoia os Talibas da Frelimo a fazer guerras contra os mcambicanos
Sr. Frank, gostei maningi do seu comentário. Numa miopia sem precedência e sem prestar atenção a historia com exemplos das derrotas de superpotências imperialistas tais como EUA e seus aliados no Vietname, a União das Republicas Socialistas Soviéticas Afeganistão, os EUA e a OTAN no Afeganistão na hora presente, as republicas bananas com Africa do Sul como a republica banana-mor da SADC e o pigmeu Ruanda tentam refazer em Mocambique a mesma brincadeira que levou a derrocada das potencias imperialistas acima citadas em varias regiões do mundo onde tentaram as suas agressões. Estes terroristas, bandidos e tsotsis das republicas bananas, inconscientes e drogados terminarao cabalmente derrotados como as grandes potencias ocidentais agora nao podem explicar porque foram derrotadas no Afeganistão e nao querem acreditar que foram cabalmente batidas e estao agora molhadas com uma humilhação sem precedência.
A pequena forca dos ruandeses esta agora estendida e os rebeldes estao em volta de Mocimboa da Praia e nas matas que avizinham as vias terrestres entre Palma e Mocimboa da Praia. Os rebeldes estao a preparar a sua estratégia de contra-ataques de guerrilha. Rwanda e um pequeno pais débil e quase que sem recursos, excepto bananas. Se Macron nao enviar comida para alimenta-los, os bandidos e terroristas do Paul Kagame começarão a padecer the fome. O regime do tsotsi Cyril Ramaphosa em Pretoria nao tem dinheiro e espera que os amantes de guerras franceses e americanos o apoiem financeiramente. O teatro esta no principio e a rir riremos.
Como e que esses nomes sao so conhecidos em Washingto, DC, e mocambicanos nnuca os ouviu? Esta e uma sacanice. Esses donos de guerraa que nunca ganham guerras contra a guerrilha nao se cansam de nos trazer tolices. A salavacao dos mocambicanos do regime tirano da Frelimo nao vira desses macacos urladores, mas sim dos combatentes mocambicanso que de armas nas maos abatem os terroristas de todo o tipo--da Frelimo, sul africanos, ruandeses e todo outros.
O interessante e que estes bobos mentirosos nao falam das suas baixas, só falam de matar os rebeldes. Nao mostram os corpos dos rebeldes abatidos. O avanço das forcas agressoras, se houver, para Mocimboa da Praia semeara muito luto nas hordas terroristas ruandesa e frelimista. Que continuem a emitir comunicados triunfalistas como os terroristas da Frelimo sempre o fizeram para depois a verdade se revelar ser outra.
Senhor Frank, Você tem razão. Tudo propaganda dos bandidos. Antes desses rwandeses irem a Mocambique para tentar salvar o regime derrotado terrorista da Frelimo ja diziam que os rebeldes iriam fugir para a Tanzânia antes da chegada dos carniceiros do Paul Kagame. Os carniceiros chegaram e ja apanharam muita porrada. Aqueles tsotsis de Joburg que Ramaphosa envia serao tambem derrotados. Veja que enviam blindados por terra conduzindo-os da Africa do Sul para Pemba, o que indica que o regime da Africa do sul nao tem meios aéreos ou marítimos para Nem os Legionários do Macron, que foram batidos no Sahel e no Afeganistão podem vencer os rebeldes que lutam contra a tirania do regime terrorista da Frelimo. Deixemos os bandidos delirar.
Nao ha muita substancia nesta informacao que foi uma mera reacao diplomatica ao pedido da sitiada terrorista Frelimo. Os paises europeus debatem-se hoje com bilhoes e bilhoes de euros de deficito como resultado da Coronavirus para se dedicarem a uma causa quase perdida da Frelimo. Dai que a resposta, se reposta houve mesmo, pelo que tenho as minhas duvidas, passou levemente sobre as questoes de direitos humanos e assistencia humanitaria. Nao cabe a UE de lidar com assuntos da seguranca visto que ela nao e uma organisacao militar como a OTAN (NATO). A UE nao tem um exercito e peritos militares. Para obter ajuda militar para a Frelimo, cada membro devera enderecar um pedido especial ao seu governo. Cabera aos governos submeter o assunto aos seus parlamentos que nao estarao interessados com este assunto dos seus paises terem que fazer sacrificios para salvar um regime genocidario-terrorista que desgoverna Mocambique e se causa guerras civis contra ele proprio. Mesmo se a UE conceder uma ajuda para desenvolver o Norte, como e que tal esforco sera feito em zonas onde a Frelimo perdeu controle e em zonas de contestacao militar? Que empreedera os esforcos que a Frelimo nao quiz empreender, o que lhe teria evitado uma guerra de resistancia para a libertacao do povo local. Que ninguem se engane com um mero gesto da diplomacia europea para fazer adormecer os terroristas da Frelimo. Como uma organisacao altamente, assassina, genocidaria, sanguinaria e terrorista, a Frelimo esta agora sozinha e lixada.
Para tapar a vergonha nas suas caras, os bandidos e traidores Ossufo Momade e Andre Magibire fingem ver que a Frelimo os jogou a bem jogar. O bandido numero 1, Ossufo Momade, agora lamenta-se que os seus amigos e aliados da Frelimo a quem ele empurrou homens da Renamo, alguns dos quais estavam bem integrados nas zonas onde viviam com suas armas para a sua defesa e protecao dos terroristas da frelimo, estao a serem perseguidos pelos agentes do Nyusi. O que e que o bandido esperava do Nyusi que opera esquadroes da morte? Felipe Nyusi e um terrorista. E o bandido number 2, Andre Magibire, que nao cessava de vadiar para mobilizar homens da Renamo para irem lutar para a Frelimo em Cabo Delgado, agora acusa a Frelimo de tentar impurrar renamistas para irem lutar em Cabo Delgado. Este bandido e traidor foi incapaz de convencer renamistas para irem lutar em Cabo Delgado visto que Mariano Nhongo apelou aos renamistas para nao fazer uma asneira tao rata e barata. E os ex-combatentes da Renamo escutaram ao Nhongo e mandaram passear o tal do Andre Magibire. Este bandido numero 2, Andre Magibire portanto, nao se perguntava porque e que ele pensava que os seus companheiros renamistas deviam ir lutar numa guerra que a Frelimo provocou. Dois bandidos e traidores. Os Miseraveis.
Este artigo e uma salada que mistura as deinformacoes da Frelimo. Ora diz que os militares da Frelimo controlam Mocimboa da Praia ora diz que a Frelimo perdeu um porto estrategico do qual dependiam o trabalho para o desenvolvimento dos projetos de gaz. Patrick Pouyanné, director da Total de Franca, mete-se nesta propaganda de dizer que a revolta e Daesh para ver se pode conseguir apoios militares para a Frelimo. O artigl diz que a Frelimo nao aguentam a guerra contra os rebeldes que continuam avancar e acontrolar regioes de Cabo Delgado que a tropa da frelimo nao consegue reconquistar.
Houve um ataque no Niassa ou nao? Talvez que ha ja muitos contra posicoes das forcas da soldadesca terrorista do regime que Frelimo que nao os anuncia e agora so anuncia um ataque com deturpacoes para fazer propaganda contra os seus oponentes armados. Se hiuve um ataque, fosse contra o que fosse ou contra um autocarro com soldadesca terrorista dentro, e uma indicacao de que o regime latifundiario, corrupto e reacionario da Frelimo, que despreza o povo, enfrenta seja uma outra guerra, a terceira guerra, a guerra do Niassa, ou que os destemidos rebeldes de Cabo Delgado ja expandem as suas operacoes como, alias, ja disseram que o faria, principalmente para Nampula. Seja como seja, o regime desumano de Felipe Nyusi da Frelimo esta em problemas serios e desliza-se para o seu arrastamento pela correntes e ondas de revoltas populares. Nao vejo como e que este regime podera sobreviver num pais onde vai perdendo controle em Cabo Delgado, no Niassa, em Manica e Sofala. Que o regime retrogrado se convenca desde ja que nunca consiguira derrotar as insurreicoes (as tais insurgencias do vocabulario pretogues da Frelimo. A desumana Frelimo matou muito pela espada e pela espada ela tambem morrerra.
Terrenos dificeis como florestas, desertos e montanhas sao amigos da guerrilha. Florestas -- 70 por cento do Vietname era floresta virgem quando os Yankee American boys das grandes cidades de Nova Iorque, Chicago, San Francisco, Los Angeles e outras grandes zonas urbanas dos EUA eram enviados para lutar contra the Little Jungle boys of Vietnam (pequenos rapazes do mato do Vietname.) O denso mato amedrontava os americanos como fantasmas, mas nao amedrontava os rapazes da matas do Vietname. Antes dos americanos, a floresta do Vietname tinha derrotado os colonialistas franceses que fizeram o erro de concentrar as suas forcas e o seu material belico no vale de Dien Bien Phu no Norte do Vietname perto de Laos. O vale e rodeado por montanhas com densa cobertura florestal e os phaps ( ler faps para dizer franceses na lingua vietnamita) foram estrondosamente batidos e renderam-se aos vietminhs do General Nguen Vo Giap que os franceses desprezavam por ele nao ter estudado numa academia militar como St. Cyr onde o famoso Napoleao estudou. E esse mesmo Giap veio depois a derrotar os generais americanos da West Point Militar Academy. O norte de Mocambique em particular tem os seus matos que amedrontaram o Boris da steppe (planicie) da Russia e facilitou a sua derrota estrondosa pelos destemidos rebeldes do Norte. As florestas ajudarao a derrotar quaisquer tropas de bandidos enviados por paises de fora ou de grupos mercenarios para o Norte de Mocambique. O deserto e outro terreno que favorece a guerrilha. A Franca saboreou isto na Argelia. Montanhas ainda pior -- estas ajudaram aos mujahedine a derrotar o Boris no Afeganistao e facilitaram aos talibas para derrotar os Yankee Boys e os seus aliados da OTAN (NATO)
Boa analise, Frank. O tal Dyck Advisor Group anda a solta participando em aventuras militares em varias partes da Africa e cometendo crimes contra as populacoes locais nos paises onde opera. Nao faria tais coisas sem o apoio e encorajamento do governo de Cyril Ramaphosa cujo predecessor Jacob Zuma trouxe desgraca para o seu pais quando enviou seus comandos para combater ao lado do ditador Francois Bozize na republica centro-africana e onde foram derrotados pelos combatentes do grupo Seleka. A chegada na Africa do Sul de soldados mortos sul africanos causou um embaraco total ao governo e uma profunda dor e consternacao na populacao. Depois do overno do Zuma que mandara os seus homens sem a permissao do parlamento, agora o regime do Ramaphosa teme pedir permissao do tal parlamento para enviar mais homens para o inferno de Cabo Delgado onde os seus mercenarios desconseguiram e desconseguem contra os destemidos rebeldes e levam dura porada. Tais mercenarios mataram mais soldados da Frelimo e membros da populacao em Cabo Delgado do que conseguiram atingir os rebeldes.
Francamente, este senhor Bernardino Rafael e outros como ele, esta a delirar. Nao so que nao consegui entender o que ele tentou dizer, mas tambem nao consegui entender o conteudo de todo o artigo. Ele e os seus comparsas nao conseguem entender que Mocimboa da Praia e hoje zona libertada por estar no meio da grande zona libertada peoples rebeldes em Cabo Delgado, o que quer dizer que a vila de Mocimboa da Praia e zonas circunvizinhas estao sob o controle efectivo dos combatentes contra a tirania terrorista da Frelimo. Os rebeldes limparam aquela zona toda da infestacao pelos terroristas da Frelimo. Para a soldadesca e a policia da Frelimo retomar Mocimboa da Praia, eles deverao reconquistar a regiao, o que ate entao desconseguiram, tendo os rebeldes atacado e eliminado contingentes dos bandidos a caminho para a vila. Cada vez que os rebeldes eliminam os contigentes inimigos que se fazem de herois contra civis, os rebeldes consolidam a sua forca e o seu controle. Pensar que os rebeldes amontoam-se na vila destruida a espera de serem atacados do ar por helicopteros dos mercenarios e por MiGs da Frelimo e ser muito ingenuo. Por este momento, os rebeldes ja estabeleceram abrigos e uma estrategia para como derrotar o inimigo que for lancado de paraquedas e possivelmente ja tem armamento anti-aereo na zona principalmente contra os helicopteros. Os rebeldes nao se esquecem que sao guerrilheiros e nao uma tropa regular, embora estejam a derrubar os homens armados da Frelimo.
Da mesma maneira como os terroristas da Frelimo banalisavam a guerra com a Renamo e mais tarde a guerra com os rebeldes do Norte com informacoes as e mentirosas megulhadas na propaganda contra os seus inimigos antes do pais e do mundo saber que se tratava de conflitos serios, eles fazem o mesmo hoje sobre a guerra no centro, anunciando so, quando pensam que pode fazer propaganda, coisas como alegados ataques contra civis. Sabe-se, porem, que as forcas do General Nhongo concentram-se em ataques contra a soldadesca da Frelimo e a sua Junta Militar nao toca trombetas sobre os seus ataques contra a soldadesca terrorista da Frelimo. Quando os combatentes do Norte e do Centro atacam viaturas e porque elas estao carregadas dos militares da Frelimo que muitas vezes usam civis como escudos de protecao. Combatentes do Norte e do Centro nao o fariam se nao houvesse militares da Frelimo em tais viaturas. Os bandidos da Frelimo deviam agora saber que nao se ganha guerras com propaganda. A propaganda nao obrigara os seus inimigos a parar com as suas operacoes ofensivas. Que continuem com a sua propaganda enquanto os seus inimigos estao a roe-los e avancando.
Este jagunco esta estonteado e anda maluco. Ele e o chefe dele Nyusi nao sabem o que dizer, pelo que regurgitam quaisquer asneiras que lhes passam nas cabecas. O certo e que o regime destes bandidos aproxima-se da morte para os mocambicanos poderem respirar o ar da liberdade. Travar guerra de duas frentes e o pesadelo que estrategas militares preferem evitar. Cabo Delgado, para alem de algumas poucas vilas, ja fugiu do controle destes bandidos e opressores da Frelimo. No centro, a Junta Militar ja criou zonas onde os terroristas da Frelimo ja nao poem patas para alem de estar a sufocar a economia dos terroristas.