This is MACUA DE MOÇAMBIQUE's Typepad Profile.
Join Typepad and start following MACUA DE MOÇAMBIQUE's activity
Join Now!
Already a member? Sign In
MACUA DE MOÇAMBIQUE
Recent Activity
O presidente do Conselho Autárquico de Mocímboa da Praia disse hoje que não há nenhuma infraestrutura do Governo a funcionar, na sequência da ocupação da vila principal, durante três dias, por insurgentes que têm protagonizado ataques em Cabo Delgado. "Não há nenhum serviço sendo efetuado lá, tudo parou. As próprias infraestruturas do Governo, nenhuma sobreviveu. Não temos nenhuma infraestrutura do Governo a funcionar", disse Carlos Momba, citado hoje pelo canal televisivo STV. Os insurgentes invadiram a vila em 27 de junho, tendo-a ocupado por três dias e destruído várias infraestruturas, além de causar um número desconhecido de mortos. Durante este... Continue reading
Posted 1 hour ago at Moçambique para todos
As vítimas do desabamento da lixeira de Hulene protestam contra a assinatura de um novo contrato de pagamento de subsídio de renda antes do pagamento da dívida em atraso dos últimos três meses. As famílias falam, ainda, de despejos por parte dos proprietários das casas. É a segunda vez em menos de dois meses que as famílias atingidas pela tragédia da lixeira de Hulene (que matou 16 pessoas em 2018) amotinam-se no edifício do Conselho Municipal de Maputo para expressar a sua indignação em relação à demora no pagamento de subsídio de renda de casas. “Estamos a passar mal com... Continue reading
Posted 2 hours ago at Moçambique para todos
Image
O Presidente francês, Emmanuel Macron, nomeou a cabo-verdiana Elisabeth Moreno ministra da Igualdade de Género do novo Governo empossado nesta segunda-feira, 6 de junho, chefiado por Jean Castex. O novo Executivo tem 16 ministros e 14 secretários de Estado. Formada em direito e com um master em Direito Comercial e uma MBA Global Business, Elisabeth Moreno nasceu no Tarrafal, no norte da ilha de Santiago, em Cabo Verde, em 1970 Aos seis anos de idade emigrou para França com os pais e depois dos estudos fez uma carreira de empresária e gestora. No momento em que é chamada para o... Continue reading
Posted 2 hours ago at Moçambique para todos
Leia aqui https://cartamz.com/index.php/sociedade/item/5561-mocimboa-da-praia-volta-a-viver-momentos-de-terror Continue reading
Posted 6 hours ago at Moçambique para todos
A Renamo acusou hoje o Governo de violar o espírito do acordo de desarmamento, desmobilização e reintegração (DDR), ao excluir oficiais do braço armado do principal partido da oposição de posições de chefia no Comando-Geral da Polícia. O porta-voz da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), José Manteigas, disse hoje à Lusa que o partido tinha “uma legítima expetativa” de que oficiais do braço armado da organização patenteados no sábado último ocupassem posições de chefia no Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), mas foram destacados para posições inferiores. “Acompanhamos atentamente o patenteamento dos militares da Renamo, mas criticamos o facto... Continue reading
Posted 7 hours ago at Moçambique para todos
Image
Após inúmeras críticas de cidadãos obrigados a caminhar na estrada, junto à residência do governador, Manuel Rodrigues esclarece que não é proibido circular no passeio. Mas a realidade é outra, dizem os transeuntes. Cidadãos em Nampula continuam desapontados com o governador Manuel Rodrigues. Em causa está a proibição do uso do passeio junto à sua residência protocolar, uma medida imposta há mais de uma década. Em resposta a uma chuva de críticas, o governador diz que o passeio junto à sua residência não está vedado à população, mas pede que se respeitem os "locais de proibição" – apesar de não... Continue reading
Posted 7 hours ago at Moçambique para todos
Leia aqui https://cartamz.com/index.php/politica/item/5556-terroristas-mataram-17-pessoas-em-quiterajo Continue reading
Posted 7 hours ago at Moçambique para todos
Leia aqui https://cartamz.com/index.php/politica/item/5555-estado-islamico-garante-que-nao-vai-dar-treguas-aos-cruzados-em-mocambique Continue reading
Posted 7 hours ago at Moçambique para todos
Contabilista, Jacob Neves Salomão Sibindy, natural de Chibabava, província de Sofala, é líder do Partido Independente de Moçambique (PIMO). Em 1994, nas primeiras eleições multipartidárias e as mais concorridas de sempre, aos 36 anos Sibindy foi o candidato mais novo à Presidência da República e obteve apenas 1.03% dos votos e o PIMO, 1.23%. Em 1999 foi afastado da corrida eleitoral por sua candidatura enfermar de irregularidades. Nas eleições de 2004 obteve 0.91% e o PIMO, 0.59% dos votos. Em 2009, não participou das eleições. Em 2014 viu a sua candidatura ser excluída pelo CC por irregularidades insanáveis. Em 2019,... Continue reading
Posted 8 hours ago at Moçambique para todos
Posted yesterday at Moçambique para todos
O político moçambicano Raúl Domingos alerta para a possibilidade de o grupo armado que ataca a província de Cabo Delgado se expandir para outras regiões de Moçambique, aproveitando-se da insegurança criada pela autoproclamada Junta Militar da Renamo, no centro do país. “Os terroristas estão muito ativos no norte e, muito facilmente, podem expandir-se para as zonas centro e sul do país, porque os homens do general Mariano Nhongo também estão muito activos nas províncias de Sofala e Manica, tornando a zona bastante vulnerável”, considerou Raúl Domingos. Para o Presidente do Partido para a Paz, Democracia e Desenvolvimento (PDD), é preciso... Continue reading
Posted yesterday at Moçambique para todos
Um ataque armado em Cabo Delgado, norte de Moçambique, em 27 de junho, matou oito trabalhadores de uma empresa de construção subcontratada do megaprojeto de gás que avança na região, anunciou ontem a Fenix Construction. A viatura em que seguiam foi atacada quatro quilómetros a norte de Mocímboa da Praia, no mesmo dia em que a vila esteve sob ataque - com confrontos que se prolongaram pelos dias seguintes -, cerca de 70 quilómetros a sul do recinto de construção do empreendimento liderado pela petrolífera Total. Dos 14 ocupantes, além dos oito mortos, três fugiram para o mato e sobreviveram... Continue reading
Posted yesterday at Moçambique para todos
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Image
Por ten-coronel Manuel Bernardo Gondola Hoje vou falar de um livro, que trata de um assunto muito interessante de uma mulher especial. Ângela Davis, mulher negra, intelectual e activista. Vou tentar contar um pouquinho da história dessa «grande personalidade». A história dessa grande mulher é tão interessante, que merece tomar um pouquinho de atenção. E antes de eu falar da sua grande obra «Mulheres, Raça e Classe» aliás, sua obra, que devia ser exigida e estudada em qualquer Universidade no País. Primeiramente, abordarei a vida d’Ângela Davis e alguns aspectos interessantes da sua obra, que eu julgo ser necessária para... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Por Francisco Nota Moisés "Fifa Falume, 26 anos, tremeu quando os rebeldes invadiram Mocímboa da Praia ao som de bombas e metralhadoras, na madrugada de 23 de março (voltaram a fazê-lo no final de junho). Temeu o pior quando “os insurgentes” lhe pediram água à porta de casa. “Disse à minha sobrinha que íamos morrer”, recorda. Ganhou coragem, levou-lhes água. Beberam, trocaram palavras azedas, ela calou-se, eles seguiram. O som de disparos e explosões continuava ao fundo. De manhã, “depois de rezarem, despediram-se. Disseram: ‘Podem ficar sossegados, estamos a ir, só vínhamos visitar-vos’ e saíram”, relata Fifa, que recorda outro... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Image
Entre 1831 e 1850, navios com a bandeira norte-americana corresponderam a 58,2% de todas as expedições negreiras com destino ao Brasil, mesmo com restrições da Inglaterra ao tráfico de pessoas. Com cerca de 450 africanos da região do rio Congo, a escuna norte-americana Mary E Smith foi a última a tentar desembarcar escravizados no Brasil. No dia 20 de janeiro de 1856, ela foi capturada em São Mateus, no Espírito Santo, em uma operação que deixou claro que a Lei Eusébio de Queiroz, aprovada em 1850 proibindo a entrada de escravos, de fato pretendia acabar com o tráfico de escravos... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Image
Cerca de 25 mil descendentes do povo bantu, da África Oriental, vivem nas selvas indianas de Ghats Ocidental. Os sidis foram trazidos para a Índia como escravos. Hoje, continuam a viver excluídos e na pobreza. Música e dança únicas A comunidade sidi floresce através das suas músicas e danças tradicionais - parte integrante da sua identidade cultural. Manuel é um agricultor na vila Mainalli, distrito de Uttar Kannad, em Karnataka. No seu tempo livre, dá oficinas de dança gratuitas para crianças locais, para que elas possam transmitir a cultura sidi à próxima geração. - Saurabh Narang Instrumentos feitos à mão... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Leia aqui Download 30 06 2020 Download 01 07 2020 Download 02 07 2020 Download 03 07 2020 Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
A História da Colonização e Descolonização de Moçambique continua a ser muito mal tratada em revistas, em jornais e em livros, escritos por portugueses, por moçambicanos e sobretudo por estrangeiros. O mesmo se pode dizer da História da Colonização e Descolonização de Angola. A História da Colonização e Descolonização é tratada por milhentos brasileiros de forma muito diversificada e confusa e muito mal tratada por alguns estrangeiros. A História da Colonização e Descolonização da Guiné Bissau também é mal tratada como as de Angola e Moçambique. Porém, isso não é só válido para os países de Língua Oficial Portuguesa. A... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Província de Cabo Delgado é fustigada há anos pelo ramo regional do Daesh. População vive no medo TEXTO E FOTOS LUÍS FONSECA/LUSA EM AFUNGI Vistas de avião, as obras de construção do complexo industrial de liquefação de gás natural em Cabo Delgado erguem-se como uma ilha no meio de um manto esverdeado de terras virgens do Norte de Moçambique, território onde grassa terrorismo associado a grupos jiadistas. Quanto à segurança, porém, o recinto do maior investimento privado em África tem permanecido também quase como uma ilha, fora da mira dos grupos. “Nós antes não víamos circular aviões grandes”, afirma Silvino... Continue reading
Posted 2 days ago at Moçambique para todos
Posted 3 days ago at Moçambique para todos
Written By Tommaso Campomagnani Ever since the discovery of natural gas fields (the 9th largest in the world) on its Northern shores, Mozambique has found itself at a crossroads. It can either become “Africa’s Qatar” or become another case study on how natural resources condemn a country to violence and conflict. France’s help could be decisive in pushing it in the right direction. Cabo Delgado’s Difficult Situation In 2010, when 5,000 billion cubic meters of natural gas were discovered in the Northern coasts of Mozambique, it seemed as if fate had finally smiled on the poverty-stricken country, which only managed... Continue reading
Posted 3 days ago at Moçambique para todos
Image
O evento “África na FFLCH” propiciou o encontro de pesquisadores e a apresentação de trabalhos sobre África existentes na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Na oportunidade, foram expostos e discutidos dezenas de trabalhos abrangendo as áreas de Cinema, Geografia, História, Letras e Linguística, Literatura, Museologia e Relações Internacionais sobre o continente africano e a sua diáspora. Uma parte desse importante evento científico fica aqui registrado neste livro. A todos os participantes, agradecemos a colaboração! Leia aqui Download As_contas_de_vidro_em_contextos_arqueolo Continue reading
Posted 3 days ago at Moçambique para todos